THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

EU SOU




CURIOSA, ao máximo, tudo me provoca um frenesim que me faz aprofundar o assunto até À EXAUSTÃO!

PREGUIÇOSA, adoro passar o dia na cama, acorda, levanta, come, deita, o melhor momento que considero da vida é ao adormeçer, a sensação enebriante de estar a deixar este mundo consciente e passar para o outro!


TEIMOSA, sei que nem sempre tenho razão, mas amo demonstrar as minhas convicções, que são muito próprias!


DEFENSORA DE TODOS OS ANIMAIS, seres  que nos demonstram dia a dia, a simplicidade da vida, que nós humanos, por vaidade egocêntrica, gostamos de complicar!


ACREDITO,  na alma, na vida após a morte, em Deus que criou todo o que existe no imensurável e inimaginável humano,

IRREVERENTE, complicada, por várias vezes complico-me a mim mesma, forte, fraca, inconsciente, medrosa, incorrigível,  fiel aos meus princípios,

ACREDITO, vivamente, nas crianças e pessoas idosas, as primeiras por não terem entrado ainda na roda viva controladora em regras obrigacionais impostas da vida, e simplesmente são inocentes e puras, e as segundas com suas experiências de vida enriquecedoras mostrando-nos a força que é necessária para alcançar o fim da vida, que é esta passagem ....


DESAFIO os meus leitores e seguidores a enumerar e expôr, se assim o entenderem, como são.

0 comentários:

EU SOU




CURIOSA, ao máximo, tudo me provoca um frenesim que me faz aprofundar o assunto até À EXAUSTÃO!

PREGUIÇOSA, adoro passar o dia na cama, acorda, levanta, come, deita, o melhor momento que considero da vida é ao adormeçer, a sensação enebriante de estar a deixar este mundo consciente e passar para o outro!


TEIMOSA, sei que nem sempre tenho razão, mas amo demonstrar as minhas convicções, que são muito próprias!


DEFENSORA DE TODOS OS ANIMAIS, seres  que nos demonstram dia a dia, a simplicidade da vida, que nós humanos, por vaidade egocêntrica, gostamos de complicar!


ACREDITO,  na alma, na vida após a morte, em Deus que criou todo o que existe no imensurável e inimaginável humano,

IRREVERENTE, complicada, por várias vezes complico-me a mim mesma, forte, fraca, inconsciente, medrosa, incorrigível,  fiel aos meus princípios,

ACREDITO, vivamente, nas crianças e pessoas idosas, as primeiras por não terem entrado ainda na roda viva controladora em regras obrigacionais impostas da vida, e simplesmente são inocentes e puras, e as segundas com suas experiências de vida enriquecedoras mostrando-nos a força que é necessária para alcançar o fim da vida, que é esta passagem ....


DESAFIO os meus leitores e seguidores a enumerar e expôr, se assim o entenderem, como são.

Bookmark and Share

0 comentários:

Enviar um comentário