THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

RECEITAS FÁCEIS DE PREPARAR E DE RESULTADOS AFRODISÍACOS

A cebola é um poderosíssimo afrodisíaco, e suas propriedades são conhecidas desde a pré-história. O Sheik NEFIZAVÍ afirma no livro "O Jardim Perfumado" - um clássico da literatura erótica oriental escrito no século dezesseis - que um homem chamado Abu el REILIUK, depois de ter comido muitas cebolas, manteve seu pênis ereto por trinta dias seguidos!! A cebola também é conhecida como poderoso estimulador sexual pelos romanos, gregos e árabes. De tão afrodisíaca, durante a época dos faraós, os sacerdotes egípcios em celibato eram proibidos de comer cebolas devido ao seu potencial efeito erótico. A França, país sensual e mestre de muitas delícias, servia sopa de cebola aos casais recém-casados na manhã seguinte à noite de núpcias para restaurar a sua libido depois de uma exaustiva noite de prazer. Tudo para que os pombinhos voltassem a fazer amor o mais rápido possível e com muita disposição.




Molho Agridoce de Cebola: Coloque 4 colheres de sopa de azeite de oliva em uma panela, leve ao fogo e deixe aquecer. Junte 3 cebolas roxas raladas e refogue, mexendo de vez em quando, até murchar. Quando as cebolas estiverem murchas, acrescente 5 colheres de sopa de açúcar, 3 colheres de sopa de vinagre branco, 1 pitada de sal e algumas colheres de sopa de água. Cozinhe, em fogo baixo e mexa de vez em quando, até obter um molho encorpado e bem grosso. Retire do fogo e sirva acompanhado de um bife, um filé de frango ou posta de peixe.


Açafrão, uma planta originária da China. O açafrão é um tempero hiper afrodisíaco e perigoso. Perigoso por dois motivos: primeiro porque você pode despertar paixões enlouquecidas. E segundo, por que se o açafrão for consumido em grandes quantidades, pode provocar excitação e gargalhadas incontroláveis! O todo poderoso Zeus, deus dos deuses da antiga Grécia, dominado por insaciáveis apetites sexuais, chegou a dormir num colchão forrado com açafrão, na esperança de que a perfumada planta lhe exaltasse as paixões. O açafrão tem um cheiro misterioso e envolvente, tanto que Cleópatra, uma das mulheres mais sedutoras da história, utilizava a essência de açafrão para seduzir seus amantes. Os fenícios tinham a tradição de passar a noite de núpcias em lençóis coloridos e perfumados com açafrão. Toda essa excitação, essa disposição para o amor provocada pelo açafrão, tem uma razão científica, meninas! O açafrão torna as zona erógenas muito mais sensíveis! 



 MOLHO LIBERTINO DE BACON E AÇAFRÃO: Frite 10 gramas, ou 1 xícara de bacon bem picadinho em fogo baixo com 1 colher de sobremesa de manteiga ou margarina até ficar bem douradinho. Acrescente 100 gramas ou 1 xícara de creme de leite. Quando tiver dado uma fervidinha, acrescente 1 colher de café de açafrão e duas colheres de sopa de queijo parmesão, deixando cozinhar por 2 a 3 minutos. Sua poção de amor já está pronta! Use como molho de macarrão, ou sobre um bife ou filé de frango. O açafrão é o ingrediente da paella, um tradicional prato espanhol. Ele combina com risotos, legumes, verduras, carnes e peixe. 



Ao preparar mariscos você está evocando um costume primitivo, já que os povos pré históricos não só comiam mariscos a fim de conseguir energia, como usavam suas conchas para ornamentação e para a sedução. Os romanos eram os mestres das segundas intenções. Eles preparavam banquetes afrodisíacos com o intuito de provocar a excitação sexual nos convidados, já esperando que após o jantar, acontecesse a maior orgia! E sabe qual o ingrediente preferido? Mariscos! Quando for comprar os mariscos, escolha com cuidado e carinho. Lave bem as conchinhas com água corrente, para tirar a areia. Depois ferva em água com sal. Durante a cozedura, todas as conchinhas devem abrir. Se algumas permanecerem fechadas, não as coma



 Marisco com leite de coco:  2 xícaras de carne de marisco. Refogue com um fio de azeite, 1 cebola pequena picada, 1 tomate picado, meio pimentão, também picadinho, o coentro e cebolinha à vontade. Em seguida acrescente 1 xícara de leite de coco. Quando ferver, acrescente o marisco. Tempere com sal e pimenta à gosto. Vá mexendo e não demora, cinco minutos são suficientes. O marisco com segundas intenções pode ser servido com arroz ou com farinha e, para quem gosta, gotinhas de limão.

0 comentários:

RECEITAS FÁCEIS DE PREPARAR E DE RESULTADOS AFRODISÍACOS

A cebola é um poderosíssimo afrodisíaco, e suas propriedades são conhecidas desde a pré-história. O Sheik NEFIZAVÍ afirma no livro "O Jardim Perfumado" - um clássico da literatura erótica oriental escrito no século dezesseis - que um homem chamado Abu el REILIUK, depois de ter comido muitas cebolas, manteve seu pênis ereto por trinta dias seguidos!! A cebola também é conhecida como poderoso estimulador sexual pelos romanos, gregos e árabes. De tão afrodisíaca, durante a época dos faraós, os sacerdotes egípcios em celibato eram proibidos de comer cebolas devido ao seu potencial efeito erótico. A França, país sensual e mestre de muitas delícias, servia sopa de cebola aos casais recém-casados na manhã seguinte à noite de núpcias para restaurar a sua libido depois de uma exaustiva noite de prazer. Tudo para que os pombinhos voltassem a fazer amor o mais rápido possível e com muita disposição.




Molho Agridoce de Cebola: Coloque 4 colheres de sopa de azeite de oliva em uma panela, leve ao fogo e deixe aquecer. Junte 3 cebolas roxas raladas e refogue, mexendo de vez em quando, até murchar. Quando as cebolas estiverem murchas, acrescente 5 colheres de sopa de açúcar, 3 colheres de sopa de vinagre branco, 1 pitada de sal e algumas colheres de sopa de água. Cozinhe, em fogo baixo e mexa de vez em quando, até obter um molho encorpado e bem grosso. Retire do fogo e sirva acompanhado de um bife, um filé de frango ou posta de peixe.


Açafrão, uma planta originária da China. O açafrão é um tempero hiper afrodisíaco e perigoso. Perigoso por dois motivos: primeiro porque você pode despertar paixões enlouquecidas. E segundo, por que se o açafrão for consumido em grandes quantidades, pode provocar excitação e gargalhadas incontroláveis! O todo poderoso Zeus, deus dos deuses da antiga Grécia, dominado por insaciáveis apetites sexuais, chegou a dormir num colchão forrado com açafrão, na esperança de que a perfumada planta lhe exaltasse as paixões. O açafrão tem um cheiro misterioso e envolvente, tanto que Cleópatra, uma das mulheres mais sedutoras da história, utilizava a essência de açafrão para seduzir seus amantes. Os fenícios tinham a tradição de passar a noite de núpcias em lençóis coloridos e perfumados com açafrão. Toda essa excitação, essa disposição para o amor provocada pelo açafrão, tem uma razão científica, meninas! O açafrão torna as zona erógenas muito mais sensíveis! 



 MOLHO LIBERTINO DE BACON E AÇAFRÃO: Frite 10 gramas, ou 1 xícara de bacon bem picadinho em fogo baixo com 1 colher de sobremesa de manteiga ou margarina até ficar bem douradinho. Acrescente 100 gramas ou 1 xícara de creme de leite. Quando tiver dado uma fervidinha, acrescente 1 colher de café de açafrão e duas colheres de sopa de queijo parmesão, deixando cozinhar por 2 a 3 minutos. Sua poção de amor já está pronta! Use como molho de macarrão, ou sobre um bife ou filé de frango. O açafrão é o ingrediente da paella, um tradicional prato espanhol. Ele combina com risotos, legumes, verduras, carnes e peixe. 



Ao preparar mariscos você está evocando um costume primitivo, já que os povos pré históricos não só comiam mariscos a fim de conseguir energia, como usavam suas conchas para ornamentação e para a sedução. Os romanos eram os mestres das segundas intenções. Eles preparavam banquetes afrodisíacos com o intuito de provocar a excitação sexual nos convidados, já esperando que após o jantar, acontecesse a maior orgia! E sabe qual o ingrediente preferido? Mariscos! Quando for comprar os mariscos, escolha com cuidado e carinho. Lave bem as conchinhas com água corrente, para tirar a areia. Depois ferva em água com sal. Durante a cozedura, todas as conchinhas devem abrir. Se algumas permanecerem fechadas, não as coma



 Marisco com leite de coco:  2 xícaras de carne de marisco. Refogue com um fio de azeite, 1 cebola pequena picada, 1 tomate picado, meio pimentão, também picadinho, o coentro e cebolinha à vontade. Em seguida acrescente 1 xícara de leite de coco. Quando ferver, acrescente o marisco. Tempere com sal e pimenta à gosto. Vá mexendo e não demora, cinco minutos são suficientes. O marisco com segundas intenções pode ser servido com arroz ou com farinha e, para quem gosta, gotinhas de limão.


Bookmark and Share

0 comentários:

Enviar um comentário